instituto souza cruz - Rural do amanhã

Home

Empreendedorismo que transforma

17/02/2020 - Andrea Guedes

Jovens agricultores familiares que participaram do programa Novos Rurais  em Canguçu (RS) levam inovação para o campo. A iniciativa é uma parceria do Instituto Souza Cruz com a Escola Técnica Estadual.

Conheça  alguns dos projetos que estão contribuindo para a inovar a agricultura familiar na região:

joao
Aos 19 anos, João Vitor Campos já está inovando a agricultura familiar na região onde mora, em Canguçu (RS). Com a formação técnica e recursos do programa Novos Rurais, através da parceria com a Etec Canguçu, introduziu uma nova cultura na região: a criação orgânica de codornas. Hoje, João produz 75 ovos orgânicos por dia, que são comercializados em Porto Alegre. Com o sucesso do projeto, João já planeja inserir a sua marca JVC nos produtos e expandir a produção com mais aves.


leticia
A gaúcha Leticia Schiavon, 30 anos, morava na cidade, mas sempre sonhou em viver no campo. Quando estudou na Etec Canguçu, participou do programa Novos Rurais. Foi o estímulo que faltava para tirar o projeto do Sítio Das Ervas do papel. Ela arrendou a propriedade rural do pai e fez o seu tão sonhado espaço de turismo rural, associado à agricultura biodinâmica, terapias holísticas, Sagrado Feminino e ainda oferece o "Chá no sítio", com bolos idealizados por ela. A jovem toca a produção de frutas e ervas medicinais no local e recebe visitantes que buscam tratamentos e paz. Para o futuro, Letícia pretende ampliar as hospedagens e inserir o sítio no circuito de grandes eventos regionais.


lielton
A tecnologia tem aberto portas para novas formas de comercialização para os agricultores familiares. É o caso de Lielton Cardoso, 19 anos, de Piratini (RS). Ao participar do programa Novos Rurais na ETEC Canguçu, o jovem construiu uma estufa para produção de morangos semi-hidropônicos na propriedade da família. Na primeira safra, comercializou todas as frutas via Facebook. Agora, ele aproveita a estufa para produzir as hortaliças, que também são vendidas pela rede social.


anaju
Ana Júlia Nunes vive na cidade de Piratini (RS) e não tem propriedade rural. Para aumentar a renda da família, a jovem criou um galinheiro no quintal da casa para comercializar os ovos. A demanda é grande e toda a produção é vendida para uma lanchonete e também pelo Facebook. Para o futuro, o plano de Ana Júlia é expandir o espaço e comprar mais aves para aumentar a produção.


daniel
Daniel Konzgen Ribeiro, 20 anos, diversificou a produção da família com a produção de alfaces em estufa e implantou um sistema de gotejamento por aspersão ao participar do programa Novos Rurais na ETEC Canguçu, em 2018. As hortaliças são comercializadas em Santa Vitória, próximo ao Chuí.


 

+ Av. República do Chile, 330, Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20031-170
Tel: 21.3849.9619 | institutosouzacruz@institutosouzacruz.org.br
Instituto Souza Cruz© 2011 - Todos os Direitos Reservados