instituto souza cruz - HIGH FARMING

Home

Empreendedorismo que transforma

O termo era usado para identificar a nova onda tecnológica, dominada pela debulhadora a vapor e pela colheitadeira mecânica, ambas adotadas em grande escala no sul da Inglaterra. Mas acabou servindo para identificar o surgimento da agricultura do tipo patronal, na qual o processo produtivo era organizado por um capitalista (que, em geral, arrendava a terra de um nobre) e executado por multidões de assalariados. Durante a primeira forte expansão do capitalismo industrial, ocorrida entre 1848-73 tudo levava a crer que a agricultura praticada em outras regiões da Grã-Bretanha e da Europa continental estava apenas atrasada. Mais cedo ou mais tarde elas acabariam por adotar o modelo fabril de organização produtiva, como já acontecia em suas indústrias.

VEIGA, J. E. Agricultura familiar e sustentabilidade. Cadernos de Ciência & Tecnologia, Brasília, v.13, n.3, p.383-404, 1996.

+ Av. República do Chile, 330, Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20031-170
Tel: 21.3849.9619 | institutosouzacruz@institutosouzacruz.org.br
Instituto Souza Cruz© 2011 - Todos os Direitos Reservados