instituto souza cruz - AGRICULTURA TRADICIONAL

Home

Empreendedorismo que transforma

A agricultura tradicional é composta por explorações agrícolas em situação de equilíbrio econômico, obtido através de gerações de agricultores e que depende de condições de condições críticas que têm permanecido virtualmente fixas durante séculos. As condições críticas que sustentam este tipo de equilíbrio são as seguintes: (a) o estado das artes permanece estacionário; (b) as preferências e os motivos para reter ou adquirir fontes de renda não variam; (c) ambas condições permanecem constantes o tempo suficiente para que as preferências e os motivos marginais para adquirir fatores agrícolas que sejam fontes de ingresso cheguem ao equilíbrio, considerando a produtividade marginal destas fontes de ingresso como um investimento em correntes de renda permanente e tendendo a um saldo líquido igual a zero.


SCHULTZ, T.W. La crísis económica de la agricultura. Madrid: Alianza Editorial, 1969.


Este tipo de agricultura é baseada num sistema de plantio sobre queimada com pousios mais ou menos longos para a recuperação da fertilidade dos solos. Este siste-ma combina policulturas com criações, utiliza mão-de-obra familiar e tem um forte componente, muitas vezes dominante, de produção para autoconsumo. É o sistema típico da maioria dos pequenos produtores familiares e está localizado, quase sempre, nos ecossistemas mais frágeis, solos mais pobres, relevos mais acidentados, climas desfavoráveis.


WEID, J. M. A trajetória das abordagens participativas para o desenvolvimento na prática das ONGs no Brasil. Rio de Janeiro: AS-PTA, 1997. 40p. (Textos para Debate, 57).

+ Av. República do Chile, 330, Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20031-170
Tel: 21.3849.9619 | institutosouzacruz@institutosouzacruz.org.br
Instituto Souza Cruz© 2011 - Todos os Direitos Reservados