instituto souza cruz - Novos Rurais: resultados no Sul e no RJ

Home

Empreendedorismo que transforma

21/12/2012 - Carlos Benedito Guimarães e Marcos Gaspar

                       wkshop
        Bruna Fernandes e Ananda Tartari mostram seus painéis em Nova Friburgo (RJ). Em  Santa Catarina, Edivaldo Geffer apresenta sua unidade demonstrativa

Para apresentar os resultados do programa Novos Rurais  em 2012, foram realizados workshops na região Sul e no Rio de Janeiro, onde a iniciativa foi implantada em caráter piloto pelo Instituto Souza Cruz. Os encontros permitiram que os jovens participantes pudessem compartilhar os resultados obtidos na formação com familiares e parceiros do programa.

Realizações na Região Sul
Em parceria com a Associação Regional das Casas Familiares Rurais do Sul do Brasil (Arcafar-Sul) , Novos Rurais foi implantado nas Casas Familiares dos municípios de Riqueza e Saudades (SC), Catuípe (RS), Pinhão e Santa Maria do Oeste (PR), beneficiando 15 jovens. Todos transformaram seus projetos de empreendedorismo em unidades demonstrativas, tornando-se referência nas comunidades onde vivem, mostrando que é possível viabilizar novas alternativas de produção capazes de criar outros paradigmas dentro das suas realidades.

O workshop foi realizado entre os dias 17 e 19 de dezembro na sede da Casa Familiar Rural (CFR) de Riqueza, e contou com a participação de aproximadamente 40 pessoas, entre jovens, educadores, o poder legislativo local e representantes da Arcafar-Sul, que tiveram a oportunidade de conhecer os projetos e contribuir, sugerindo ações a partir do que viram nas apresentações.

Representando o Instituto Souza Cruz, Carlos Benedito Guimarães realizou a abertura oficial do evento fazendo uma retrospectiva do programa. Em seguida, o coordenador regional de Santa Catarina da Arcafar-Sul, José Luiz Lorenzini falou sobre a importância do Novos Rurais, observando que as unidades demonstrativas passarão a ser referência para os jovens formandos e a comunidade de maneira geral.

Na sequencia, o vereador Clairton Bernardo afirmou que considera como ponto forte do programa o investimento disponibilizado pelo Instituto Souza Cruz aos jovens, permitindo que conseguissem executar seus projetos. Isso se configura como uma medida de estímulo para os mesmos, e hoje é possível enxergar facilmente seus resultados no campo. “Eles são palpáveis”, destacou o vereador. Segundo ele, o jovem também passa a entender e a ter maior controle da sua propriedade, pois recebeu uma formação diferenciada e direcionada também para a gestão, o que os ajudam a ter mais responsabilidades.

As atividades no segundo dia começaram com a exposição de painéis construídos pelos jovens, com fotos da evolução das unidades demonstrativas. Em seguida, todos os jovens apresentaram seus projetos.

“Todas as unidades, em minha opinião, estão dentro das expectativas ou até mesmo acima do esperado. A minha ajudou muito no conhecimento sobre a cultura, não só para mim, mas para toda a região, pois a população local está muito interessada  nessa nova forma de renda familiar. Com essa unidade, a minha visão de futuro melhorou, pois é possível ver a recompensa de seu próprio esforço e trabalho”, comemorou o catarinense Rafael Tauffer, apresentando sua unidade demonstrativa de produção de melancia.

Peças fundamentais no processo de formação do programa Novos Rurais, os educadores estavam emocionados com as conquistas dos rapazes e moças.

“Creio que a unidade demonstrativa desperta interesse nos jovens para continuar o trabalho na propriedade e comunidade”, definiu a educadora Mônica Ricci Garcia Pereira, da CFR de Pinhão.

Celebração em Nova Friburgo (RJ)
No dia 17 de dezembro, foi realizado o workshop com os resultados dos projetos desenvolvidos no município de Nova Friburgo, região Serrana do Rio de Janeiro. O evento recebeu a comunidade rural do 3º distrito da cidade e os representantes do Instituto Souza Cruz, Ibelga, da Emater-RJ  e do Programa Rio Rural .
 
A programação do evento foi dividida na apresentação das instituições parceiras do programa, socialização da vivência no IV Intercâmbio da Juventude Rural Brasileira e apresentação das unidades demonstrativas implementadas na localidade no mês de dezembro.

A partir da articulação dos jovens nas microbacias, eles tornaram-se protagonistas com atuação na associação de agricultores, organização de feiras orgânicas no município, mobilização do agroturismo e articulação com outras iniciativas da região.

Segundo o coordenador do programa Rio Rural, Gerson Yunes, os jovens superaram as expectativas, pois além da capacitação nos módulos e a implantação das unidades demonstrativas, tornaram-se lideranças e empreendedores nas suas comunidades.

Saiba mais
>> Conheça as unidades demonstrativas implantadas pelos jovens
 
 

+ Av. República do Chile, 330, Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20031-170
Tel: 21.3849.9619 | institutosouzacruz@institutosouzacruz.org.br
Instituto Souza Cruz© 2011 - Todos os Direitos Reservados