instituto souza cruz - Novos Rurais encerra primeira fase

Home

Empreendedorismo que transforma

21/06/2013 - Guilherme Mattoso

nrsfase1

O programa Novos Rurais, do Instituto Souza Cruz, encerra no mês de junho a primeira fase da sua metodologia, onde os jovens participam de módulos de formação teóricos, com conteúdos voltados para a gestão de empreendimentos com foco na diversificação. Nesta etapa, são ministrados temas como novo rural, planejamento estratégico e políticas públicas, entre outros. No mês de julho, os projetos de empreendedorismo elaborados a partir dos módulos serão avaliados e aqueles que atenderem os requisitos seguirão para a próxima fase, com início em agosto.

Os jovens selecionados estarão aptos para transformar seus projetos em Unidades de Referência. O objetivo é que estes novos empreendimentos tornem-se  um modelo para as comunidades onde estão inseridos. Os recursos financeiros para a implantação das unidades serão disponibilizados pelo programa. “Nesta fase 2 do Novos Rurais, os jovens terão a oportunidade de tirar o projeto do papel e implementá-los na prática em suas propriedades. Ao final do ano, os resultados serão também avaliados e apresentados em workshops”, explica Marcos Gaspar do Instituto Souza Cruz.

Exemplos de mudança
Cristiane Bariviera, aluna da Casa Familiar Rural de Chopinzinho, no Paraná, é umas das jovens que participam do Novos Rurais e já sonham com a Unidade de Referência. “Com a chegada do programa na escola, vislumbrei a possibilidade de desenvolver algo novo na minha propriedade. Pensando em uma alternativa às atividades que meus pais já realizam, percebi que a implementação de uma horta orgânica poderia ser um bom projeto a ser desenvolvido. Ela trará benefícios ao meio ambiente e vai melhorar a qualidade da alimentação da minha família, pois será cultivada sem produtos químicos”, destaca a jovem.

Com uma propriedade já bastante diversificada, Ronaldo Moravski, aluno da Casa Familiar Rural de Alpestre, no Rio Grande do Sul, pretende impulsionar a agroindústria de derivados de leite que seu pai gerencia. "Na minha casa, já produzimos hortaliças que são comercializadas na feira, além do gado de leite e a agroindústria. Se meu projeto for selecionado, poderei investir em tecnologia, para pasteurizar o leite e ampliar a variedade de derivados, como queijo e iogurte. Minha ideia é também montar uma associação com meus vizinhos. Assim, poderei aumentar a produção de leite por um preço justo e menor custo”, afirma Ronaldo.

Parcerias
Presente em cinco estados (RS, SC, RS, CE e PE), abrangendo 35 municípios, o programa Novos Rurais é aplicado em parceria com entidades de educação formal e organizações contextualizados ao rural. O Instituto Souza Cruz é responsável pela metodologia, sistematização e avaliação da iniciativa, e as organizações parceiras viabilizam sua implementação e execução.

Nos estados de Pernambuco e Ceará, o programa é implantado em parceria com o Serviço de Tecnologia Alternativa (Serta) e a Agência de Desenvolvimento Econômico Local (Adel), respectivamente. Nos três estados do Sul, a iniciativa é implantada em aliança com as seguintes organizações: Associação Regional das Casas Familiares Rurais do Sul do Brasil (Arcafar/Sul); Centro de Desenvolvimento do Jovem Rural (Cedejor); União das Associações de Agricultores de Ituporanga (Uniagri) e Escola Técnica Estadual de Canguçu (ETEC).


+ Saiba mais sobre o Novos Rurais

+ Av. República do Chile, 330, Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20031-170
Tel: 21.3849.9619 | institutosouzacruz@institutosouzacruz.org.br
Instituto Souza Cruz© 2011 - Todos os Direitos Reservados