instituto souza cruz - Instituto Souza Cruz patrocina a Casa da Liberdade

Home

Empreendedorismo que transforma

11/07/2013 - Guilherme Mattoso

casalib

A Casa da Liberdade , patrocinada pelo Instituto Souza Cruz, voltou à Festa Literária Internacional de Paraty (Flip), realizada entre 3 e 7 de julho, para debater sobre os principais desafios da atual conjuntura socioeconômica brasileira em contextos como justiça, cinema, opinião pública e criação artística.


Com a coordenação do cientista social e economista Marcos Troyjo, e da cientista política Karim Miskulin, presidente do Instituto Voto, a Casa da Liberdade é um espaço itinerante que acompanha o calendário dos festivais de cultura por todo o Brasil, reunindo expoentes do pensamento para falar sobre os valores de uma sociedade aberta e disseminando arte e pensamento por meio de seu bem maior, a liberdade.

Com o tema “Desafios do Brasil”, o espaço reuniu nomes como Carlos Ayres Britto, ex-Ministro do STF; Eugenio Mussak, Consultor e colunista da revista Você S/A; e Guilherme Fiuza, escritor e colunista da revista Época. Localizada no centro histórico de Paraty, a casa abrigou também a mostra “Imagens Essenciais da Liberdade”, do fotógrafo Alcir Silva e curadoria da jornalista Cintia Carnut.

Destaques
A programação foi oficialmente aberta com a palestra de Marcos Troyjo, que falou principalmente sobre a “Liberdade e o momento socioeconômico do Brasil”. Em seu segundo dia de atividades, a Casa iniciou os trabalhos com um debate sobre “o significado contemporâneo de Justiça e liberdade”, como Roberta Fragoso, procuradora do Distrito Federal, e Fábio Pereira, doutor em política internacional pela USP.

O espaço também foi palco de discussões focadas em educação e empreendedorismo. O diretor do Ibmec/RJ, Fernando Schüler, e o professor da Universidade Federal Fluminense (UFF), Marcos Marques, abordaram questões centralizadas em meritocracia, liberdade, igualdade e educação.  O jornalista e autor do famoso livro “Meu nome não é Johnny”, Guilherme Fiuza, também marcou presença para falar sobre “Liberdade e criação artística”.

No sábado, os destaques ficaram por conta das palestras do professor, escritor e conferencista Eugênio Mussak, que falou sobre o tema “Liberdade e Metacompetências”.  Já o escritor Antônio Campos, apresentou o tema "Resistir em Tempos Difíceis, um Olhar Sobre o Contemporâneo", tema do seu mais novo livro, lançado após a apresentação.

Fechando a programação, em uma palestra bastante concorrida, Carlos Ayres Britto abordou diversos assuntos, desde a liberdade artística até a atual situação brasileira. Falou ainda sobre liberdade de expressão, protestos ocorridos e expressou sua preocupação com a coletividade e a conectividade do mundo. Afinal, segundo ele, “ninguém vive, todo mundo convive”.

A Casa da Liberdade, realizada desde 2010, é uma iniciativa do Instituto Voto em parceria do Instituto Millenium e patrocínio do Instituto Souza Cruz.

+ Av. República do Chile, 330, Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20031-170
Tel: 21.3849.9619 | institutosouzacruz@institutosouzacruz.org.br
Instituto Souza Cruz© 2011 - Todos os Direitos Reservados