instituto souza cruz - Intercambistas sobem a serra fluminense

Home

Empreendedorismo que transforma

24/10/2014 - Marcos Gaspar

ibelga

Entre os dias 11 e 18 de outubro, a região serrana fluminense recebeu a terceira etapa do V Intercâmbio da Juventude Rural Brasileira. Dez jovens, oriundos de Santa Catarina, Paraná, Espírito Santo, Bahia e Pernambuco, foram recepcionados pelo  Instituto Ibelgica-Nova Friburgo (Ibelga), entidade convidada pela Rede Jovem Rural para participar, pela primeira vez, da iniciativa.

+ Visite o blog da Rede Jovem Rural e saiba mais sobre o V Intercâmbio .

Durante uma semana, os intercambistas conheceram a realidade dos agricultores familiares dos municípios de Nova Friburgo e Bom Jardim. Além da hospedagem e vivência nas propriedades dos produtores da região, eles também participaram de visitas técnicas e conheceram empreendimentos rurais e turísticos. A programação contou com o apoio das famílias dos alunos do Colégio Estadual Rei Alberto I, da Prefeitura de Nova Friburgo e da Emater-Rio.

A visita à Central de Abastecimento do Rio de Janeiro (CEASA-RJ) despertou nos jovens a importância da comercialização e distribuição dos alimentos nas cidades. O acesso às políticas públicas, como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), foi sinalizado pelos representantes do Ceasa. Ao longo da Rodovia Teresópolis-Nova Friburgo (Terê-Fri), os visitantes também conheceram empreendimentos de referência, como o Apiário Amigos da Terra e a Queijaria Escola Suíça de Nova Friburgo.

A recepção no gabinete do prefeito de Nova Friburgo, Rogério Cabral, foi outro ponto alto da etapa tendo em vista que o mesmo é agricultor familiar. O intercâmbio inspirou Cabral a propor a criação do “Dia do Jovem Rural” e de um “Conselho Municipal da Juventude Rural”.

Os intercambistas também visitaram o Colégio Municipal CEFFA Flores de Nova Friburgo, no distrito de São Pedro da Serra. O grupo foi recebido por representantes da associação de moradores, que demonstraram preocupação com a qualidade das águas das microbacias, a redução da produção agrícola e identidade da cultura local.

Para o jovem Auliston Vianna de Mimoso do Sul (ES), o intercâmbio foi ótimo para o aprendizado de novas técnicas de trabalho. Já Andrea Santos, do semiárido baiano, afirmou que o intercâmbio permitiu conhecer a diversidade do país, principalmente a agricultura familiar.

Na despedida, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer a capital do Rio de Janeiro e  visitaram tradicionais pontos turísticos da cidade, como a praia de Copacabana e o Pão de Açúcar, antes do retorno para os seus  estados de origem.

+ Av. República do Chile, 330, Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20031-170
Tel: 21.3849.9619 | institutosouzacruz@institutosouzacruz.org.br
Instituto Souza Cruz© 2011 - Todos os Direitos Reservados