instituto souza cruz - Diversificação em Santa Catarina

Home

Empreendedorismo que transforma

08/12/2014 - Helen Janata

O Programa Novos Rurais, do Instituto Souza Cruz, já está gerando frutos em Santa Catarina. Os alunos que participaram da primeira fase do programa, em parceria com a Associação Regional das Casas Familiares Rurais do Sul do Brasil (Arcafar-Sul), já colocaram em prática o que foi ensinado em sala de aula. Com apoio financeiro disponibilidado pelo programa, os projetos saíram do papel e transformaram-se em Unidades de Referência (URs).

Em 2014, o Novos Rurais capacitou juntamente com a Arcafar-Sul 229 alunos em Santa Catarina. Destes, 63 projetos foram selecionados para serem transformados em URs. O objetivo é que os novos empreendimentos tornem-se modelos para as comunidades onde estão inseridos e sejam replicáveis em escala maior. Conheça  algumas Unidades que estão contribuindo para a diversificação da agricultura familiar na região:


Morango semi-hidropônico
nrs

Daniela de Faveri, aluna da Casa Familiar Rural (CFR) de Iporã do Oeste, tem uma vida agitada no campo. Faz estágio, trabalha na propriedade e ainda conseguiu tempo para implantar o projeto do programa Novos Rurais, que é um sonho para ela e sua família. A estufa de produção de morangos semi-hidropônicos surgiu como ideia para diversificar a produção e implantar uma atividade inovadora no município onde mora, visto que há poucos produtores e muita demanda na região. A família está animada com essa nova possibilidade e a mãe da jovem já pensa em construir mais uma estufa para aumentar a atividade e a renda da família.


Hortaliças em cultivo protegido
nrs
Luiz Kaiser é aluno da CFR de Iporã do Oeste. Ele vive com os pais na cidade e, com o apoio do Novos Rurais, instalou uma estufa de produção de hortaliças no quintal da sua casa. Inicialmente, a estufa serviria apenas para subsistência da família, mas o projeto está dando tão certo que Luiz e seu pai estão comercializando alguns produtos para o restaurante onde trabalham. O jovem está orgulhoso da área e da produção. Toda a água utilizada na irrigação vem da chuva, através de um sistema de calhas que enche uma caixa d’água. Atualmente, Luiz está produzindo alface, rúcula, tomate, tempero verde, pimentão, entre outros.


Artesanato em crochê
nrs
O artesanato em crochê e tricô é uma tradição no campo e Dalvane Macari, aluna da CFR de Quilombo, identificou nesse conhecimento tradicional uma forma de gerar renda. Segundo a jovem, as pessoas gostam dessas peças, mas não têm mais tempo ou interesse em produzi-las. Ela começou a atividade de forma amadora, vendendo tapetes de crochê na comunidade onde vive. Ao participar do programa, Dalvane identificou na atividade uma possibilidade de permanência na propriedade. Com o apoio do Instituto Souza Cruz, ela pôde comprar materiais de produção e também cadeiras e mesas para uma confecção mais confortável das peças.


Hortaliças em cultivo protegido
nrs
Alcenir Schropfer, estudante da CFR de Modelo, vive no município de Romelândia em uma propriedade que tem como principal atividade o gado leiteiro. Ele e a família identificaram na produção de hortaliças uma possibilidade de aumentar a renda. A estufa ainda é pequena, mas já conta com irrigação e os produtos. Além de abastecer a família, os itens serão comercializados em restaurantes da região. Há interesse em produzir produtos orgânicos e a estufa é uma alternativa para evitar perdas por radiação solar ou chuvas de granizo.

---

+ Imagens: Helen Janata

+ Av. República do Chile, 330, Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20031-170
Tel: 21.3849.9619 | institutosouzacruz@institutosouzacruz.org.br
Instituto Souza Cruz© 2011 - Todos os Direitos Reservados