instituto souza cruz - Instituto Souza Cruz e EdiUnesc lançam o livro Formar Novos Rurais

Home

Empreendedorismo que transforma

11/10/2018 - Da redação

lançamento
Da esquerda para a direita: Valério Alécio Turnes, Andrea Guedes (ISC), Dimas Estevam, Fernanda Sônego e Wilson Schmidt


Com o objetivo de transformar jovens do campo em empreendedores e acelerar os seus novos negócios, o programa Novos Rurais , idealizado pelo Instituto Souza Cruz, conta com uma metodologia inovadora, embasada em um material pedagógico produzido pelos professores universitários Valério Alécio Turnes, Wilson Schmidt e Thaise Costa Guzzatti. A partir da demanda pela ampliação e alcance deste conteúdo, o Instituto Souza Cruz e os autores lançaram, no dia 10 de outubro, o livro didático "Formar Novos Rurais", em parceria com a editora da Universidade do Extremo Sul Catarinense (EdiUnesc) .

O evento, realizado na reitoria da Unesc, contou com a participação de professores, alunos e representantes da Feira da Economia Solidária, que ocorre todas as quartas-feiras na Unesc.

De acordo com Wilson Schmidt, o projeto tem o objetivo de entender os jovens no meio rural. “Formar jovens para que eles possam transformar vidas, as localidades onde vivem e o suas famílias dentro da agricultura familiar”, comenta. Já para Valério Turnes, a obra traz novas formas e relações do jovem no meio rural. “Empoderar, dar capacidade de criar atratividades no meio rural para que os jovens encontrem lá condições de estudos, lazer, trabalho e renda”, acrescenta.

Segundo o editor-chefe da EdiUnesc, Dimas de Oliveira Estevam, o livro é uma parceria importante e tem forte influência da agricultura familiar. “Minha grande frustação era que apesar de ter diversas parcerias com órgãos relacionados ao tema, tínhamos poucas publicações sobre a agricultura familiar. Além disso, essas parcerias dos autores, do Instituto e da Universidade dá possibilidades de conversar com os agricultores”, comenta.

valério
                                                Valério Turnes autografa a obra

Para a diretora de Extensão, Cultura e Ações Comunitárias da Unesc, Fernanda Sônego, parcerias como esta são muito valorosas. “A obra trabalha muito com a extensão e a Universidade também, então ela vai contribuir muito para mudanças e que ele tenha a possibilidade de mudar cenários”, respalda.

De acordo com a especialista de comunicação do Instituto Souza Cruz, Andrea Guedes Costa, o campo está envelhecendo e ficando sem jovens, e o programa busca a permanência do jovem no campo. "Temos o objetivo de entender o que é a agricultura familiar e o que esse jovem pode fazer nela. Que eles possam enxergar o campo rural com outros olhos, que possam fazer a diferença, empreendendo no meio rural”, comenta Andrea.

Sobre o livro
Com uma linguagem acessível e direcionada à juventude, a obra, revista e atualizada, visa provocar na juventude um novo olhar sobre os municípios e territórios rurais onde vivem e de motivá-los a construir instrumentos que permitam planejar um empreendimento econômico que seja viável, em sintonia com a identidade do território do entorno.

“A experiência de campo e acadêmica dos autores mostra que uma das estratégias fundamentais para a promoção do desenvolvimento rural está relacionada à educação dos jovens rurais. É preciso investir maciçamente em metodologias, processos e tecnologias que permitam que o jovem que vive em territórios rurais adquira condições para empreender e construir seus sonhos nos lugares onde vive. Este livro aponta nesta perspectiva! Nossa expectativa é que ele contribua efetivamente para a materialização de sonhos dos jovens, de suas famílias e comunidades”, assinala Valério.

livrros

A publicação é dividida em quatro módulos. O primeiro procura reforçar a perspectiva do empreendimento do/da jovem rural em seu contexto de mundo rural em transformação e da agricultura. Oportunidades e possibilidades são trabalhadas de forma mais clara e prática no Módulo 2. A terceira parte trata de recursos financeiros para fazer o empreendimento "decolar". Finalmente, o Módulo 4 é uma “caminhada” para elaborar projetos capazes de orientar a captação de recursos para um empreendimento de jovem rural e de apoiar a sua gestão.

Ao longo do livro, o leitor também conhecerá breves histórias de jovens rurais e seus empreendimentos, que estão dinamizando a agricultura familiar em pequenos municípios do País.

“Disseminar a metodologia de formação dos jovens empreendedores do campo e suas trajetórias de sucesso por meio deste livro é algo que nos enche de orgulho. O Novos Rurais já capacitou mais de 2000 pessoas e fomentou aproximadamente 800 novos negócios, contribuindo diretamente para a sucessão e desenvolvimento da agricultura familiar. Nosso desejo é que este conhecimento alcance outros rapazes e moças e continuaremos avançando nessa direção”, explica Erick Boccia, gerente do Instituto Souza Cruz.

Sobre o programa Novos Rurais
Fundado em 2000, o Instituto Souza Cruz foi um dos primeiros institutos empresariais a buscar soluções para contribuir com uma agricultura familiar próspera e sustentável investindo no empreendedorismo da juventude rural, oferecendo capacitação em gestão e acelerando novos negócios e startups no campo.

A principal iniciativa do Instituto é o programa Novos Rurais, reconhecido pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO/ONU) como uma boa prática para o desenvolvimento sustentável. Aplicado em parceria com escolas do campo, o programa é dividido em duas fases: na primeira, os jovens recebem treinamento em temas como empreendedorismo, inovação e tendências de mercado. Ao final da formação, eles elaboram um plano de negócios que passa por uma curadoria. Na segunda fase, os melhores projetos são selecionados e os jovens recebem um apoio financeiro para viabilizar o seu empreendimento.

Sobre os autores

Valério Alécio Turnes -  Docente da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), professor do Departamento de Administração Pública (ESAG) e do Programa de Pós-Graduação em Planejamento Territorial e Desenvolvimento Socioambiental - PPGPLAN.

Wilson Schmidt - Docente da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), lotado no Departamento de Educação do Campo e Professor na Licenciatura em Educação do Campo.

Thaíse Costa Guzzatti - Docente da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), lotada no Departamento de Educação do Campo e Professora na Licenciatura em Educação do Campo. Cofundadora da Associação de Agroturismo Acolhida na Colônia no Brasil e empreendedora Social da Ashoka.

+ Av. República do Chile, 330, Centro - Rio de Janeiro - RJ CEP: 20031-170
Tel: 21.3849.9619 | institutosouzacruz@institutosouzacruz.org.br
Instituto Souza Cruz© 2011 - Todos os Direitos Reservados